APRENDENDO E ENSINANDO A CIÊNCIA DA VIDA


Árvore no pulmão?

 

Lembra quando sua mãe dizia pra você não engolir o caroço da maçã que uma nasceria uma dentro do seu estômago? Lenda, né? Pois parece que não. Um site russo deu este mês a notícia de que um homem tinha crescendo, dentro do pulmão, uma árvore de 5 centímetros. O paciente chegou ao hospital com dores fortes no peito e tossindo sangue. Depois de ser examinado, os médicos acharam que ele estivesse com câncer e, quando foram fazer a biópsia, encontraram os galhos verdes espetando o órgão. Segundo o site, os médicos acham difícil que o paciente tenha engolido a planta inteira. Para eles, é mais provável que a mini-árvore tenha crescido lá dentro, depois de ser engolida uma semente. O caso vai ser estudado para entender se existe mesmo a possibilidade de uma planta se desenvolver dentro do corpo humano.


De onde vem o cheiro da chuva?

 

Os pingos despertam microrganismos que criam esse odor característico

Logo que começa a chuva, as primeiras gotas que caem geram um abalo que impulsiona para a atmosfera algumas partículas da camada mais superficial do solo. Além de minúsculos grãos de terra, o impacto lança ao ar colônias de Streptomyces, um gênero de bactéria que vive no solo.

Em épocas de seca, as Streptomyces ficam no chamado estado de latência, uma espécie de hibernação em que as bactérias continuam vivas, mas sem poder se reproduzir. Basta o contato com a umidade do vapor d’água no ar para que as Streptomyces passem a se multiplicar

Na reprodução, as bactérias liberam milhares de células reprodutoras, chamadas de esporos. São eles que dão origem a novos seres e exalam o cheiro da chuva. Se estamos próximos a uma área com Streptomyces, percebemos o perfume porque inalamos os esporos que ficam suspensos no ar

 

 


E AÍ, ESTÁ A FIM DE ESTUDAR?

 

Esse site tem alguns exercícios para fazer online que podem ajudar!

 

http://sites.google.com/site/exerciciosciencias/home